29 de out de 2012

Resenha do livro Beijada por um Anjo 1

"Ivy, eu te amo - disse Tristan, ficando sério subtamente. Ela olhou para ele e depois mordeu o lábio.- Isso não é um jogo. Eu amo você, Ivy Lions, e um dia você vai acreditar em mim."
Beijada por um anjo

No meio de um monte de livros sobre vampiros do século XXI, eu te encontrei.

Minha relação com o livro Beijada por um anjo, é uma história de amor à primeira vista. Estava saindo da livraria, depois de comprar o último livro da série Poderosa, quando o vi na posição de lançamentos e mais vendidos. Num tempo onde tudo é sobre vampiros, quando vi um título sobre anjos, tive certeza de que deveria lê-lo. Peguei o livro, sentei em um dos espaços de leitura da livraria e comecei a ler o capítulo 1. Não resisti e li o 2. Quando acabei, respirei fundo, fechei o livro, coloquei no lugar e fui embora desolada, por não poder terminar o livro todo.

Quando cheguei em casa, li muita coisa sobre o livro_ críticas boas e ruins, o que só aumentou a vontade de ler. E a expectativa também. Enfim, chegou o dia em que pude comprar o livro. E eu o devorei.
                                                                                             ♠♠♠                                                         
Título: Beijada por um anjo
Autora: Elizabeth Shandler
Editora: Novo Conceito


Ivy, a protagonista do livro, é uma estudante de 16 anos, que acredita e tem fé nos anjos. Isso desde que Tony_ o anjo das águas, a salvou de um afogamento. Ela acaba de se mudar para Stonehill, com seu irmão caçula, Philip e sua mãe, Meggie, que estás prestes a se casar com Andrew, um homem rico e pai de Gregory, que tem a mesma idade de Ivy.

Com a mudança, Ivy vai para uma nova escola onde ela conhece apenas Suzanne, mas ela logo conhece Beth, e as três se tornam amigas inseparáveis. Nas idas e vindas nos corredores da escola, Ivy esbarra algumas vezes com Tristan_ principal nadador da equipe da escola e o mais lindo e cobiçado por todas as garotas. E bastam alguns desses encontrões, para que Beth e Suzanne, tenham certeza de que Tristan está afim de Ivy.

Ivy descarta a possibilidade, uma vez que ela e Tristan são completamente diferentes. Ele, o melhor nadador do colégio e ela, a menina que tem pavor de água. No entanto, o que Ivy não sabe, é que Tristan já está completamente apaixonado por ela, e seria capaz de qualquer coisa para conquistá-la. E com muita paciência e gentileza, ele enfim, consegue. Os dois começam a viver um romance lindo, com todos os ingredientes para um final feliz (Trsitan inclusive, a ajuda a superar o medo de água), até que... Tristan morre!

Sim. Na verdade o livro começa com o trágico acidente que tira a vida de Tristan. Então, como se acordando de sobressalto de um sonho ruim, o capítulo dois começa com Ivy chegando à escola nova, e com desenrolar dos fatos até o momento do acidente.

Depois da perda trágica, Ivy perde toda a sua fé nos anjos. Entretanto, ela sequer imagina que Tristan agora é um deles. Ele é um anjo, que precisa desesperadamente fazer contato com ela, para lhe dizer que o acidente que lhe tirou a vida, foi na verdade um assassinato. E assim, o livro acaba. Deixando claro a necessidade de se ler o livro seguinte.

Eu simplesmente amei o livro. Gostei da forma como Elizabeth conduziu a narrativa, sem delongas, de forma que faz com que a leitura flua rapidamente. De fato a narrativa tem um ritmo acelerado, com os fatos acontecendo muito rápido. Mas a mim pelo menos, isso não incomodou. Afinal, os livros tem esse poder de serem atemporais.

Kiss bye!



Nenhum comentário:

Postar um comentário