30 de jul de 2013

Resenha - Jogos Vorazes

Oi gente! Eu tô muuuuito feliz_ muito feliz mesmo, com essa leitura. Jogos Vorazes é fantástico!



Título: Jogos Vorazes
Autora: Suzanne Collins 
Editora: ROCCO Jovene Leitores

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota, de doze a dezoito anos, de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

♠♠♠
Onde eu estava com a cabeça que não li esse livro antes? o.O 

Suzanne Collins criou uma das histórias mais incríveis que já li. Ação, emoção, romance, tudo junto e muito bem equilibrado. 

Percebo que um livro é bom, quando depois de várias páginas lidas, deito pra dormir e não consigo pregar os olhos, porque ainda estou absorta no mundo daquelas páginas. Refletindo, avaliando cada detalhe, pensando nos personagens, que a cada página se tornam mais familiar, mais queridos_ ou, odiados. Sem contar a ansiedade, que vai me consumindo por mais e mais da história. E, apesar de não querer me separar ainda das personagens_ pessoas já tão íntimas, devoro o livro.

Jogos Vorazes é narrado em primeira pessoa, pela protagonista, Katniss Everdeen. Uma jovem de 16 anos, que perdeu o pai aos 11 e desde então, passou a cuidar da irmã e da mãe. Katniss é uma caçadora muito habilidosa e sabe usar um arco e flecha como ninguém, além de corajosa e esperta. Ainda assim, quando Katniss se oferece como tributo voluntário, para poupar a irmã, nada poderia poderia prepará-la para o inferno que está prestes a viver.

A cada página, Jogos Vorazes se torna mais inquietante e envolvente. São crianças obrigadas a lutar até morte e toda vez que o som de um tiro de canhão, que anuncia quando um tributo morre, se ouve na arena, bate uma ansiedade: Quem será que foi?
É de roer as unhas. E apesar de um tema tão obscuro, o livro não se torna, em ponto algum, uma carnificina. Sendo até comovente em certos momentos. (Escorreu uma lágrima.)

"Levar as crianças de nossos distritos, forçá-las a se matar umas às outras enquanto todos nós assistimos pela televisão. Essa é amaneira encontrada pela Capital de nos lembrar de como estamos totalmente subjugados a ela.” 
pág 25

Katniss é uma das personagens mais corajosas que já vi. A gente cresce ouvindo contos em que princesas frágeis são salvas por homens fortes e lindos. Aí quando crescemos somos bombardeados com vampiros do século XXI salvando garotas pálidas indefesas e chatas. E nesse cenário, Collins, lança uma mocinha forte, destemida que luta por si, que sabe se defender. Ela é a garota que salva o mocinho.

Jennifer Lawrence, apesar de ficar uma Katniss um tanto alta, encarnou muito bem a personagem. Sendo de certo modo muito fiel a personagem literária.

Peeta também conquistou meu afeto fácil. Mas, isso porque li o livro primeiro, ates de assistir a adaptação. Só pelo filme, acho difícil simpatizar totalmente com ele. Já que nas telonas o personagem não é bem explorado. Parecendo muito pretensioso. E no livro, ele é mais profundo, maduro, sensível e romântico. Gostei da escolha de Josh Hutcherson para o papel. Acho ele parecido com o Peeta mas, confesso que pra mim foi impossível olhar pra ele e não lembrar do garotinho que amava a Rosemary! rsrs

Apesar de ser uma adaptação muito boa, o filme não supera o livro. Muitos detalhes só podem ser percebidos e entendidos por quem leu.


Trailer



Sinceramente, depois de assistir O lado bom da vida, fiquei ainda mais chocada com a vitória de Lawrence no Oscar. Se ela tivesse levado a estatueta por interpretar Katniss Everdeen, teria sido mais justo.

Jogos Vorazes está no Top of mind das minhas leituras do ano. Estou ansiosíssima para terminar a trilogia e para a estreia de Em Chamas no cinema em novembro desse ano.

Gente, dessa vez não é uma recomendação, é um apelo: leiam esse livro. Não vão se arrepender. Garanto!

Bjos

4 comentários:

  1. Ainda não li acredita?

    Sei que estou em falta com essa leitura e isso me mata, pois só leio resenhas falando maravilhas desse livro, mais vou me redimir
    JURO. rs

    Eu vi o filme e gostei bastante, mais você está certa quando diz que é difícil não lembrar de Rosemary (cena do choro descomtrolado rs) quando olho para o Josh Hutcherson.

    Parabéns pela ótima resenha!

    Beijos
    http://osuficientee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada Thayza.
      E se redima mesmo, você não vai se arrepender! Pelo contrário.
      O filme é muito bom mas, não supera o livro.

      Bj

      Excluir
  2. Duas pessoas já me indicaram esse livro, só não li ainda por falta de tempo. Vários na minha listinha e "Jogos Vorazes" sempre acaba ficando pra depois. Vou ver se dessa vez finalmente adianto umas posições na lista! haha'
    A resenha ficou muito boa e fiquei curiosa pra conhecer Katniss!

    Bjoos
    http://leitoraassidua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Katniss é muito gente boa e o Peeta é um amor.
      Eu também fiz uma ordem de leitura, adiantei Jogos Vorazes, o que foi bom por um lado e ruim por outro. Bom porque o livro é excelente. Ruim porque depois que acabei a leitura não conseguia ler mais nada. Foi um sufoco! rsrs

      Bjo

      Excluir