1 de abr de 2013

Resenha dupla - Série Hush, Hush


Como já comentei com vocês eu sou apaixonada por séries de anjos (ainda que não tenha lido muitas). E hoje eu vim falar dessa, que é um sucesso tão grande que vai virar filme. =)


Hush, Hush - Sussurro


Nesse primeiro volume Becca nos apresenta as personagens econtextualiza o termo anjo_ que muda de acordo com a imaginação de cada autor. Conhecemos então Nora a protagonista corajosa e determinada, que por vezes seguidas comete os mesmos erros. Pacth, o anjo caído lindo de morrer, que no começo parece meio mal e que ao final se revela um doce (cheio de surpresas mas um doce). Vee, a melhor (não seria única?!) de Nora, que sempre se interessa pelos caras errados. E Marcie, a que fez da vida escolar de Nora um inferno desde o primário. 

A história: Nora estava tentando levar uma vida normal após a morte de seu pai, há alguns messes, até que Patch aparece em sua vida. Contra sua vontade ela se vê obrigada a aguentar Patch como colega de laboratório. Só que da aversão (mútua), os dois começam a se apaixonar. Durante o caminho que  percorrem até aceitarem esse fato, Nora vai descobrindo coisas sobre Patch e seu mundo sombrio (que até então ela nem sabia que existia), e consequentemente descobre coisas sobre sua origem e o peso que isso pode ter sobre a sua vida.



Crescendo


Se Nora achava que sua vida não podia se complicar mais, estava enganada. Não bastasse sua origem obscura, ela agora descobre que o a morte de seu pai não foi um simples assassinato. Seu pai, Harrison Grey, sabia sobre o submundo dos anjos e dos nefilins, sabia que Nora era parte daquilo, e ele foi morte por um deles. Mas não é só isso, seu namoro com Patch não anda as mil maravilhas, ele está distante e frio, e ao que parece interessado em Marcie. Cheia de dúvidas, com sonhos tão estranhos que parecem reais e tendo visões do pai, Nora vai perceber que certas verdades são melhores quando não as conhecemos.

                                                                                              ♠♠♠

Becca Fitzpatrick, autora do livro, tem uma escrita simples e é dessas que não ficam enrolando. Quando alguma coisa tem que acontecer, acontece, ao final nem sempre será algo extraordinário, mas pelo menos você não perdeu tempo lendo dez páginas de pura enrolação. Além disso, ela sabe criar um mistério que nos envolva e instigue ainda mais a leitura.

Mas, é claro que nem tudo são flores. A Nora me irrita! Como por exemplo quando ela tem um trabalho danado pra roubar o diário da Marcie para não lê-lo. A menina quase se mata pra pegar o diário e não lê. Paciência! E também, como já disse lá em cima, ela tem uma mania chata de cometer os mesmos erros, e fazer tempestades em copo d'água. Além de ficar sofrendo por causa do desprezo de Marcie. Vamos analisar uma coisa, parte de uma cena que acontece no segundo livro:

A pessoa te odeia desde a primeira série, vive te maltratando, aí você encontra ela na rua, e como boa Pollyanna que é resolve dizer "Boa noite". Você realmente espera que ela seja educada? Ela te odeia, lembra?! Aí quando ela solta todo o seu veneno, você chora pensando em como as pessoas podem ser tão más. Ai que dó! #sóquenão


A série é publicada no Brasil pela Intríseca, e além desses dois volume tem também Silêncio e Finale (que encerra a série). Ainda não li esses últimos mas, assim que o fizer_ o que eu espero que seja logo, eu conto pra vocês o que achei. Espero que curtam a dica e se já leu o livro, conta pra gente nos comentários o que achou!

Bjos








5 comentários:

  1. Amo Hus,hus. Você sempre se irritando com os protagonistas. Os outros livros são ótimos. E talvez tenha um quinto livro da série. Só espero que não fique como Beijada por um anjo, que ficou ridículo depois do terceiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. haha
      Só me irrito com protogonistas que me dão motivo. Ultimamente muitas tem sido assim (rsrs)e, se você reparar, elas sempre me irritam na sequência, no primeiro livro elas sempre são mais espertas! Não sei Porque mudam.
      E BJPA na minha opinião só melhora a cada livro! E a Ivy começou foi a me dar orgulho a partir do quarto livro. Ao contrário de muitas ela amadureceu e não fica cometendo o mesmo erro sempre. Ela aprendeu a lição! E por mais que goste de "Hush,Hush", "Beijada por uma anjo" continua sendo o meu preferido!

      Bjo Inhá!

      Excluir
  2. Eu adoro a série e devo confessar que tenho uma incrível tendencia a gostar de personagens que ninguém gosta ou seja eu gosto da Nora, tudo bem que nunca tinha visto esse lance com a Marcie por esses olhos e pensando assim é mesmo bem irritante, mais por outro lado acho ela destemida e com um senso de justiça muito forte, ela não passa por cima do que acha certo por nada nem ninguém e não se prende com medo do que pode acontecer com ela se ela fizer tal coisa, ela faz e ponto.

    Os dois últimos livros são ótimos creio que vão te agradar muito assim como aconteceu comigo, mais aviso a Nora ainda vai te irritar um pouco (no ultimo eu fiquei mesmo irritada com ela), mais isso não diminui a perfeição dessa série que eu amo tanto, estou super ansiosa pelo filme e para saber se o Patch deles chegara aos pés do que eu imaginei só para mim.

    Beijos
    http://osuficientee.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Thayza. A Nora (apesar de me dar nos nervos), é muito determinada e destemida mesmo. Ela vai atrás das coisas que quer na fé e na coragem e, eu também admiro muito isso nela, sem falar no senso de justiça. Estou doida para ler os dois últimos livros e ansiosa para ver se o Patch do cinema estará á altura do Patch literário.

      Bjos

      Excluir