27 de mar de 2013

Resenha - Beijada Por Um Anjo - Destinos Cruzados + Quotes

O quarto livro da série está mais emocionante do que nunca. Chandler traz uma narrativa cheia de reviravoltas e novos enigmas.


Título: Beijada Por Um Anjo - Destinos Cruzados
Autora: Elizabeth Chandler
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Um ano se passou desde que o namorado de Ivy, Trisntan, morreu. De lá pra cá, ambos seguiram caminhos diferentes_ Tristam para o outro da vida e Ivy para o doce e adorável Will. Agora , ela espera somente esquecer o horror do passado, deitar-se na praia com de limonada e sair com seus amigos. Mas então, um acidente de carro põe fim a vida de Ivy. Enquanto ela flutua no além, se deparando com a vida que ela deixou para traz, Trsitan a faz retornar com um beijo apaixonado. Ivy acorda no hospital, cercado por Will e sua família, mas tudo o que ela consegue pensar é no amor que perdeu.
Mas não são apenas lembranças de Ivy que voltam do passado. E dessa vez ela não tem certeza de que o amor possa salvá-la.


♠♠♠

Em uma noite, na pousada da tia Cindy (tia de Beth), em Cape Cod_ onde Ivy, Will e Beth estão passando o verão, após uma rodada do jogo dos espíritos_ com um tabuleiro Ouija (o que me faz perguntar: que tipo de pessoa e para quê, guarda isso em casa? Na boa, isso não é brinquedo!), Beth começa a se comportar de forma diferente. No entanto, apesar de todos os sinais, Ivy parece ser a única a perceber o que está acorrendo. A partir daí começam alguns dos mistérios que nos envolvem em Destinos Cruzados.
Depois disso, vem o acidente envolvendo Beth e Ivy, que milagrosamente de volta a vida tenta compreender o que aconteceu na noite do acidente:
Como foi possível que o beijo de Tristan a tenha trago de volta a vida? e Quais as consequências disso para ele?
Isso é claro afeta seu relacionamento com Will. Ela começa a se perguntar se realmente gosta dele ou se ainda ama Trista. E pra completar, no tempo em que passa no hospital, Ivy conhece João, um paciente desmemoriado pelo qual ela desenvolve um afeto cada vez maior e ao que parece, nada saudável.

Ainda assim, não se pode negar que em Destinos Cruzados, Ivy está mais madura, dona de si e nada ingênua. Apesar de parecer, em vários momentos que ela está cometendo os mesmos erros do passado, nossa heroína está finalmente se comportando como a tal: ela agora toma as rédeas da situação, vai atrás de respostas, corre todos os riscos e não fica esperando por alguém que a salve de seu destino. Will continua fofo como sempre, e apesar de gostar muito de Suzzanne tenho que dizer que ela não fez muita falta nessa parte da história. Mas fiquem tristes, entre outras novas personagens na narrativa, Chandler criou uma com o mesmo temperamento de Suzzane. Kelsey, prima de Beth. Pode-se dizer que Kelssey é Suzzanne em outro corpo.

Enfim, o que mais gostei na narrativa foi a virada que Elizabeth Chandler fez. Em certos momentos do livro parece que está havendo um dejavu dos livros anterios, e eu creio que essa era a intenção da aautora, uma vez que senão fosse por esse detalhe, o final não seria tão surpreendente como é.
Sério! é como se ao final do último parágrafo Chandler dissesse "Ahaaa te peguei!"

Então é isso: Se você leu os outros livros da série e gostou, vai gostar ainda mais desse. É emocionante, misterioso, cativante e o melhor: Surpreendente!

Excepcionalmente nessa resenha, os trechos do livro que mais gostei ficaram por último. Segue abaixo alguns deles pra deixar vocês com mais água na boca. rsrsrs


Trechos de Destinos Cruzados

"'As lembranças são uma maldição.' pensou. Se não se lembrasse de Tristan poderia amar Will da forma como ele merecia ser amado."

"Jamais vou esuqecê-la Ivy. Se eu me esquecer de você, não haverá nada além de escuridão para mim."

"O que sentia era diferente de uma simples paixão. Era algo que inundava todos os seus pensamentos e sentimentos."

"Quando se ama alguém, não acaba nunca. Você supera porque tem de superar, mas o leva consigo em seu coração para sempre."





4 comentários:

  1. Não li essa série porque nunca sequer parei para saber do que se tratava. Mas gostei da resenha, mesmo que o livro não seja bem o meu gênero.
    Ah, e adorei o novo header do blog, está delicado e muito fofo!
    Beijos,

    Anna - Querida Prateleira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada Anna, é bom saber que ficou legal (tanto o header quanto a resenha)! =)
      Quanto a série é muito gostosa de ler. Esse é o quarto volume e tem mais dois, um que ainda não foi lançado aqui no Brasil e que eu espero que chegue em breve.

      Bjo

      Excluir
  2. Oi, Juliene!! Parabéns pela iniciativa. Compartilho com você o amor pelos livros e gosto muito de sua crítica sempre afiada e pertinente. Deixo como sugestão que repense o nome do blog. Quem sabe: Realidade e Ficção ou Realidade e utopias? Sucesso sempre e um forte abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória obrigada! Que bom que você gostou.
      A gente sabe como os livros são bons neh. rsrs

      Bjão!

      Excluir